Não saber o valor do Precatório pode ser um problema

Como saber o valor do Precatório a receber?

Não saber o valor do Precatório pode ser um problema
No momento que uma causa contra um órgão do governo é ganha, automaticamente um novo Precatório é expedido. Ele se resume a uma notificação de pagamento obrigatório gerado para estados, municípios ou União. Todos eles possuem o dever de arcar com as dívidas. Mas você sabe como como consultar o valor do Precatório a receber e outras informações sobre o pagamento? É isso que vamos te mostrar agora.

Informação sobre o valor do Precatório é de consulta pública

A internet e novas tecnologias digitais, como as Lawtechs e Legaltechs, estão cada vez mais ajudando a sociedade e também os nossos representantes no governo. A lei de acesso à informação (Lei 12.527/2011) já representou um grande passo por permitir e garantir o direito a ter acesso aos mais importantes dados públicos.
Saiba que o acesso ao valor do Precatório que você já tem para receber pode sim ser visto pela internet. Informações de valor, previsão de recebimento, conta bancária que receberá o depósito e o andamento da dívida podem ser consultados.
Essa facilidade de consulta dos dados do seu processo é fundamental. A informação evita sofrimentos com as complicações e adversidades que os as organizações públicas podem causar.

Quanto tempo leva para que eu possa receber o valor do Precatório?

Os pagamentos de Precatórios funcionam de um jeito diferente dos RPVs. Com os pequenos valores, o pagamento da dívida ocorre no máximo em 60 dias após a tramitação do caso julgado. Já os Precatórios não possuem uma determinação exata de quando serão quitados.
Por representarem um valor mais elevado, os Precatórios são incluídos no orçamento provisório do órgão público que possui a dívida. Isso explica a demora para que os valores sejam pagos. Caso esse orçamento seja aprovado para aquele determinado ano, então existe a garantia do pagamento do Precatório.
A regra geral sobre as datas se baseia na data de emissão final do processo. Caso emitido até a data de 01 de Julho, o Precatório deverá ser pago até o final do ano seguinte. Mas se for emitido após essa data, o Precatório será quitado no ano subsequente (até 2 anos e meio depois).

Onde consultar o valor do precatório?

Para saber o valor do seu Precatório, é preciso fazer a consulta na seção judiciária do órgão público que possui a dívida. Todos os Precatórios referentes a órgãos federais são lançados nos Tribunais Federais. No Brasil eles são divididos em 5 regiões diferentes, cada uma contendo uma reunião de estados.
Já quando se trata de órgãos a nível estadual, é preciso fazer consulta no site do Tribunal de Justiça de cada um. Vamos dar alguns exemplo dos estados que possuem os maiores número de Precatórios a serem recebidos.
Valor do Precatório - Como saber

Rio de Janeiro no âmbito federal

É preciso acessar o portal da Seção Judiciária para consultar Precatórios situados nos órgãos do Rio de Janeiro. Ele faz parte da 2ª região do TRF junto do estado do Espírito Santo.
Para consultar, basta preencher um dos campos de pesquisa, como o número do processo por exemplo. Depois clique em consultar para ter acesso às informações.

Valor do Precatório no TJRJ

Portal de consulta de Precatórios na Seção Judiciária do Rio de Janeiro

Rio de Janeiro no âmbito estadual

Para consultar valor do Precatório a nível estadual no Rio de Janeiro, basta acessar o portal do TJRJ. Lá você pode acessar a área de consultas processuais e pesquisar pelo número do processo ou pelo próprio nome.

Valor do Precatório no TRF2 - RJ

Portal de consulta de Precatórios no TJRJ

São Paulo no âmbito federal

Já o TRF que representa São Paulo, maior estado do país, é o da 3º Região. Mato Grosso do Sul é o outro estado que faz parte dessa mesma região. Acessando essa Seção Judiciária, você pode realizar a pesquisa do seu processo.

Valor do Precatório no TRF3 SP

Portal de consulta de Precatórios na Seção Judiciária de São Paulo

São Paulo no âmbito estadual

O portal do TJSP é o lugar certo para consultar o valor do Precatório a nível estadual em São Paulo. Basta acessar a parte de “Consulta Processual” para acompanhar o andamento do seu valor do Precatório.

Valor do Precatório no TJSP

Portal de consulta de Precatórios no TJSP

Atualização do valor dos precatórios

Como vimos, o tempo entre a definição do valor do Precatório e a data do efetivo pagamento são bem distantes. Isso acaba acarretando juros e correção monetária sobre o valor devido pelos órgãos públicos.
Se por um lado existe a demora no recebimento, por outro você pode ter um acréscimo importante nesse valor. Por isso que é muito importante ter sempre a iniciativa de consultar o valor do Precatório a receber.
Até 2015, o valor de correção monetária era baseado apenas na remuneração básica TR (taxa referencial). Essa é a mesma taxa aplicada na caderneta de poupança, abaixo da taxa de inflação atual, por exemplo.
Foi então que o STF decidiu que a partir de Março de 2015 a taxa utilizada seria a IPCA-E. Já em relação aos juros aplicados aos Precatórios, a taxa é de 6% ao ano, ou 0,5% ao mês.

Conseguimos ajudar você a entender as formas de saber o valor do Precatório a receber? Ficou com alguma dúvida? Então deixe o seu comentário que em breve retornaremos para você. Acompanhe também o blog da Meu Precatório para ficar sabendo das próximas dicas e conteúdos relacionados aos Precatórios. Até a próxima!

103 Comentários
  • José Benício da Silva Filho
    Postado às 14:28h, 05 julho Responder

    Bom dia, trabalhei no período o qual será pago os precatórios, porem foi no regime de contrato e cargo de confiança, Eu tenho direito a receber o mesmo?

    • Breno Rodrigues
      Postado às 16:58h, 05 julho Responder

      José Benício,

      Deixa eu ver se entendi direito. Se você está perguntando se você perderia o direito ao precatório por ter trabalhado em um regime diferente de concursado após o período do referente ao precatório, não há problema. Você não perde o benefício que foi deixado de pagar no passado.

      Agora se o que você quer saber é se tem direito a um precatório porque trabalhava com cargo comissionado, a resposta é depende. Depende de como era o contrato e o que não foi pago neste período. Além disso é necessário comprovar a falta de pagamento de algum benefício ou direito ( horas extras, férias entre outros). Com isso em mãos sugiro que procure um advogado ou defensor público para que ele dê uma olhada. Só com todoo seu relato e os comprovantes que é possível entender a possibilidade de ganho de causa.

      Espero ter ajudado 😀

      • Leandro wester
        Postado às 10:12h, 06 abril Responder

        Me ajuda por favor
        Precatorio da minha mãe
        Nome Maria Sirlei wester

        • Breno Rodrigues
          Postado às 13:42h, 08 abril Responder

          Olá Leandro, tudo bem?

          Para te ajudar é necessário saber o tribunal onde a causa foi julgada e se possível o número do processo, ou então o CPF. Apenas pelo nome de sua mãe é bem mais difícil encontrar alguma coisa.

          Fico no aguardo 😀

  • Viviane cardoso
    Postado às 10:09h, 30 agosto Responder

    Bom dia o precatórios federal é pago no mês que esta marcado no cronograma de pagamentos? Obrigada

    • Breno Rodrigues
      Postado às 11:53h, 30 agosto Responder

      Bom dia Vivi,

      Precatórios federais são pagos a partir do mês marcado no cronograma. O prazo máximo para pagamento é até dezembro do ano de vencimento do precatório.

      Espero ter ajudado 😀

  • Giseli belizario pereira
    Postado às 11:38h, 31 agosto Responder

    Oi breno bom dia eu to com umas duvidas sobre o processo do meu filho ele ta assim. Requisite se o pagamento sem bloqueio deste juizo. Ai tem um papel q tem o numero do rpv 201880003055r enviado em 31 07 2018. Eu gostaria de sabe se ja posso recebe ou nao esta disponivel

    • Breno Rodrigues
      Postado às 17:46h, 31 agosto Responder

      Giseli,

      Agora sim entendi melhor! Na verdade você deve esperar 60 dias contados a partir da data dessa publicação que é 31/07. Só a partir daí que você poderá sacar o dinheiro.

      Espero ter ajudado 😀

  • Amara Angela de Lima Andrade
    Postado às 20:55h, 04 setembro Responder

    Em uma ação de funcionário contra a Administração Estadual , os honorários do advogado já são deduzidos da quantia que o funcionário há de receber ?

    • Breno Rodrigues
      Postado às 12:38h, 05 setembro Responder

      Olá Amara, tudo bem?

      Pode ser que sim. Para isso acontecer o seu advogado deve pedir o destacamento dos honorários dele do seu precatório. Dessa forma vocês recebem separadamente a quantia devida. Já em outros casos o valor total é depositado e é necessário que haja uma transferência do valor de honorários ao advogado.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Iracidi Soares
    Postado às 18:36h, 19 setembro Responder

    Boa tarde
    Possuo precatória do município de São Paulo. Pela última tramitação de julho 2018 foi dado 45 dias para cumprir pagamento, isso pelo STF ministro Luiz Fux. Gostaria de saber se ainda receberemos esse ano.

    • Breno Rodrigues
      Postado às 11:15h, 20 setembro Responder

      Olá Cidi, tudo bem?

      Por mais que o juiz do supremo tenha pedido que o pagamento fosse feito, infelizmente as coisas não são tão rápidas assim. Além disso o município pode ter recorrido da decisão. Assim não há como definir um prazo de pagamento sem ser pela ordem cronológica, que hoje está pagando precatórios que venceram em 2002.

      Espero ter ajudado 🙂

  • welington basilio de souza
    Postado às 09:48h, 21 setembro Responder

    bom dia! oque quer dizer, devolucao da carga efetuada pelo(a) procuradoriado (a) executado no (a)

    • Breno Rodrigues
      Postado às 10:27h, 21 setembro Responder

      Olá Welington, tudo bem?

      Esta movimentação quer dizer que o processo foi devolvido ao fórum pelo procurador, que é o advogado público responsável por defender o governo.

      Espero ter ajudado 🙂

  • welington basilio de souza
    Postado às 12:08h, 21 setembro Responder

    boa tarde! isso quer dizer que altima fase para mim receber o precatorio.

    • Breno Rodrigues
      Postado às 14:25h, 21 setembro Responder

      Welington,

      Na verdade não. A entrega do processo pelo procurador pode ocorrer em várias etapas diferentes do processo tanto no final quanto no inicio. Só essa movimentação não quer dizer muita coisa.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Tadeu
    Postado às 15:30h, 10 outubro Responder

    Um precatório depois de pago, o Estado pode pedir devolução do valor recebido?

    • Daniel Costa
      Postado às 16:39h, 10 outubro Responder

      Olá tadeu,
      se o governo entender que os valores pagos foram acima dos devidos ele poderá pedir a devolução. Todavia, para isso será preciso instaurar um novo processo visando descobrir se realmente pagou a mais e se essa cobrança ainda não está prescrita.

      Eu acho muito difícil acontecer uma situação dessa.

  • Elisangela
    Postado às 19:14h, 11 outubro Responder

    Boa tarde, espero que possam me ajudar. Acompanho o processe de precatorio que era do meu falecido padrasto e que hoje minha mae e herdeira nele neste processo juntamente com os 4 filhos, e demos entrada como prioridade pra minha mae, pois tem 69 anos, o processo existe desde 1999 e somente em fevereiro do ano passado 2017. que foi dado essa prioridade, o advogado diz que estamos aguardando o pagamento pelo depre, poxa, mas ja fez um ano e meio e vi no site que desde maio nao se faz pagamento vindo da prefeitura de sao paulo, nao consigo consultar informaçoes de valores desse processo, vi as listas anteriores e percebo que tem processos de 2002 sendo pagos sendo que o dela e de 1999. Como devo proceder pra consultar a ordem que ela esta na fila pra receber e os valores? Qual orientaçao voce pode me dar? Grata.
    Elisangela

    • Larissa
      Postado às 18:41h, 23 outubro Responder

      Boa tarde Elisangela, tudo bem?
      Para saber informações sobre o pagamento de Precatórios da prefeitura de São Paulo, você pode fazer uma consulta no site do TJSP. O link para consulta é http://www.tjsp.jus.br/cac/scp/webmenupesquisa.aspx. Após entrar no site, clicar em precatórios e na entidade devedora colocar PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO. Quando fizer isso, vai aparecer a fila de pagamento na ordem cronológica. Assim, para descobrir em qual posição está o precatório de seu falecido padrasto, basta procurar pelo nome dele em credor.
      Dá uma olhadinha nesse texto http://blog.meuprecatorio.com.br/panorama-dos-precatorios/situacao-dos-precatorios-em-sp, também pode ajudar, e caso fique alguma dúvida, só entrar em contato conosco novamente.
      Espero ter ajudado 🙂

  • BARBARA
    Postado às 13:24h, 20 outubro Responder

    Oi Breno, Boa Tarde !
    No proacesso do meu pai, na localização agora esta dizendo
    CLS PREC/EXP em 19/10/2018
    O que isso quer dizer? me ajude por favor,?

    Muito obrigada,
    Barbara

    • Larissa
      Postado às 17:02h, 23 outubro Responder

      Boa tarde Barbara, tudo bem?
      O Breno não está aqui agora, mas vou tentar lhe ajudar haha
      “CLS PREC/ EXP em 19/10/2018” significa que o processo estava em conclusão na mão do juiz e teve sua expedição em 19/10/2018.
      Espero ter ajudado 🙂

  • Amanda Cavalcante
    Postado às 20:47h, 07 novembro Responder

    Olá boa noite ,meu pai recebeu uma carta o aficial de justiça disse que ele tinha uma fiança areceber, mas não estamos entendendo nada minha irmã foi ao fórum disseram a ela que era um carta precatória e passaram o número do telefone do fórum de Guaraí Tocantins e nos somos do Paraná ,mas como meu pai e caminhoneiro e difícil manter contato com ele então oque devemos fazer ?

    • Breno Rodrigues
      Postado às 08:13h, 08 novembro Responder

      Olá Amanda, tudo bem?

      Bom, Precatória e Precatório são coisas totalmente diferentes. Dá uma lida aqui para você entender melhor. No caso do seu pai, pelo que entendi, houve uma convocação de uma outra comarca, por isso a carta precatória e o oficial de justiça. Quanto a fiança a receber, isso geralmente ocorre quando houve uma prisão e foi pago uma fiança para que fosse solto. Quando o processo que ocasionou essa prisão é extinto, a fiança pode ser devolvida. Mas não tem nada a ver com precatórios não.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Ricardo
    Postado às 21:42h, 09 novembro Responder

    Tudo bem?
    Meu Vô tem 96 anos e um processo a mais de 20, contra a fazenda – união. O valor a ser recebido é consideravelmente significativo, e agora houve uma movimentação no processo dizendo:
    BAIXA REMETIDOS PARA EXECUCAO DE SENTENCA.

    Tenho duas dúvidas, a primeira é se agora que será formado o precatório e pago somente em 2020 ou já foi formado anteriormente e será pago agora? Não sei onde consultar, e o processo está em Brasilia, por telefone não dão informações.

    A segunda é, tem alguma possibilidade de receber este valor sem ser por precatório?

    Obrigado!

    • Breno Rodrigues
      Postado às 15:55h, 12 novembro Responder

      Olá Ricardo, tudo bem?

      Primeiro, quanto a movimentação. Isso quer dizer que o processo saiu do TRF e voltou a vara federal onde o processo foi iniciado. Dessa forma, após o pedido de execução de sentença do seu advogado, o precatório poderá ser expedido.

      Se o precatório for expedido até o dia 1º de julho de 2019, ele será pago até o final de 2020. E quanto a forma de receber, infelizmente não. A única coisa que pode ser feita é, como seu avô tem mais de 80 anos, ele receber até 5 vezes o valor do RPV (60 salários mínimos) como parcela prioritária. Mas isso só é valida se o processo for de origem alimentar. Se for comum, ou não alimentar, não será possível pedir parcela prioritária.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Maria de fatima do nascimento
    Postado às 08:04h, 14 novembro Responder

    Oi Breno
    Por favor teria como vc da uma olhada nesse precatorio monteiro paraiba cpf04188458402 por favor

    • Breno Rodrigues
      Postado às 15:29h, 14 novembro Responder

      Olá Maria de Fatima, tudo bem?

      Seu Precatório é o 29º na fila do Município de Monteiro. Hoje o município está pagando precatórios vencidos em 2014, ou seja 4 anos de atraso. O valor de face dele é de R$ 22.758,80.

      Espero ter ajudado 🙂

      • Elisangela
        Postado às 17:44h, 14 dezembro Responder

        Breno por gentileza, sera que tem a possibilidade de voce verificar um precatario pra mim, na verdade e do meu padrasto falecido e minha mae e herdeira, gostaria de saber qual posiçao ela esta na fila de prioridades ja que tem 70 anos. Cpf do meu padrasto 044-251-018-71 prefeitura municipal de sao paulo. Grata.

        • Breno Rodrigues
          Postado às 10:29h, 18 dezembro Responder

          Olá Elis, tudo bem?

          O TJSP não disponibiliza a lista de prioridade, apenas daquelas que o pagamento já foi realizado. Dessa forma não consigo saber nem se o precatório de seu padrasto já teve o pedido de prioridade concedida. Ao menos não consigo fazer isso com o CPF do Domingos. Talvez seja possível com o da sua mãe.

          Espero ter ajudado 🙂

          • Elisangela
            Postado às 00:26h, 20 dezembro

            Oi Breno, vou te passar o cpf da minha mae se voce conseguir qualquer posicionamento para ela, eu agradeço desde ja. Efigenia.
            Obrigada.

          • Breno Rodrigues
            Postado às 17:13h, 21 dezembro

            Elis,

            Não consegui ver nada no nome e CPF dela também. Como a lista de prioridades não está disponível para o público no TJSP a única alternativa que vejo é procurar diretamente o tribunal, infelizmente.

            Desculpe não poder ter te ajudado mais. 🙁

  • milton ramos
    Postado às 00:44h, 18 novembro Responder

    Boa noite gostaria de saber do andamento do meu precatório do RS

    • Breno Rodrigues
      Postado às 09:49h, 19 novembro Responder

      Olá Milton, tudo bem?

      Dê uma olhada neste post que fizemos sobre como consultar precatórios no TJRS. Caso ainda tenha dúvidas pode entrar em contato com a gente!

      Espero ter ajudado 🙂

  • clovis almeida
    Postado às 20:06h, 05 dezembro Responder

    Aconteceu um fato com meu genitor culpa Do Estado. Resumindo há 22 anos. Na epoca época eu tinha 14. Hoje com 36 anos tento receber os tais danos morais. Precatório será que ainda recebo ou deixarei para meus herdeiros processo TJSE 201585000151

    • Breno Rodrigues
      Postado às 10:50h, 07 dezembro Responder

      Olá Clóvis, tudo bem?

      Li a história sobre o seu pai e estou sem palavras. Seu caso é um pouco complexo pois o ente devedor não tem conta judicial para pagamento de precatórios no Sergipe. Assim, seu precatório não constará em nenhuma lista do TJSE. Seu processo terminou em agosto deste ano com um pedido para expedição do Precatório pelo TJBA. Porém até o momento não consta na lista pública do TJBA precatório em seu favor ou de seus irmãos.

      Considerando que hoje o Estado da Bahia está pagando precatórios vencidos em 2005, você teria de esperar cerca de 13 anos para receber este valor. A não ser que haja algum acordo direto ou um empréstimo para que a quitação dos precatórios ocorra antecipadamente.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Alexandre
    Postado às 00:43h, 06 dezembro Responder

    E o seguinte minha mulher trabalhou em uma firma de merenda escolar que era terceirizada pela prefeitura de minha cidade .A firma em questão dispensou todos os funcionários acertando apenas o salário do mês em questão, a rescisão trabalhista não foi paga .A firma em questão alegou que a prefeitura em si não repasou o dinheiro para a empresa assim a empressa nao teria como pagar as funcionarias .o sindicato das merendeiras entraram com uma ação contra a prefeitura representando as merendeiras , cobrando a dívida da empressa para poder pagar a as funcionárias algo asim .elas ganharam em primeira e segunda estância ,hoje minha mulher ficou sabendo em uma reunião que elas tiveram com o sindicato que a dívida dela foi para precatório.Dizeram para ela que isso pode demorar anos e anos até que a prefeitura paga .Gostaria de saber isso é verdade como posso saber se isso é verdade ou não .tenho medo do sinducato estar tentando enrolar ela, pois afinal e uma ação conjunta de todas conta a prefeeirtu.

    • Breno Rodrigues
      Postado às 13:02h, 07 dezembro Responder

      Olá Alexandre tudo bem?

      Depende da prefeitura na verdade. Tem algumas que pagam em até 2 anos enquanto outros demoram mais de 15 anos. Assim você deve saber qual a prefeitura e verificar no site do tribunal de justiça do seu estado o andamento da fila. Mas no mínimo seria 2 anos para o pagamento.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Rose
    Postado às 23:22h, 07 dezembro Responder

    Tenho um precatório municipal a receber. Ano do EP 2016. A ordem orçamentária é 324/2017 . A ordem de pagamento 7574. Pagamento disponibilizado na lista de prioridade em 30 de maio de 2018 . Qual a previsão para o recebimento do valor. Devo esperar ou negociar o pagamento ?.

    • Breno Rodrigues
      Postado às 12:24h, 10 dezembro Responder

      Olá Rose, tudo bem?

      Depende do município em questão. Digo isso porque a lista de pagamento disponibilizados, na maioria das vezes, quer dizer que o depósito já foi feito. Se não foi este o caso, deve-se verificar o tamanho da fila de prioridade, já que pela ordem cronológica, aparentemente vai demorar muito.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Francisco
    Postado às 21:08h, 13 dezembro Responder

    Boa noite, dei entrada na aposent.em 07/99, o governo liberou o benef.,em 2007, ficou para tras 7anos, e que ficaram para precatorios…agora após 20 anos o INSS, me fez proposta de acordo, em que me desconta 33 por cento do valor total, mas nao dá data para pagto…nao sei se aceito..qual sua opiniao?..os valores ultrapassam 600 salarios minimos..obrigado pela atenćao

    • Breno Rodrigues
      Postado às 08:56h, 14 dezembro Responder

      Olá Francisco, tudo bem?

      Considerando todo esse tempo, em juros e correção monetária, o desconto de 33% quase não será sentido, pois esse deve ter sido o seu ganho em cima do valor inicial. Como o valor é acima de 60 salários mínimos, se o acordo ainda tiver o valor acima disso, de toda forma o pagamento será feito em precatórios. Assim o prazo de pagamento seria até o final de 2020 se ele for expedido até junho do ano que vem.

      Dessa forma, a não ser que o INSS enrole com medidas protelatórias, visando apenas o atraso do processo para que ele não tenha o ofício expedido dentro do prazo, não vai haver muita vantagem no acordo, já que você receberá no mesmo prazo. Mas se o INSS enrolar o suficiente para que a expedição do precatório possa ser apenas após julho, seu pagamento sairá apenas em 2021.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Ana Paula
    Postado às 16:31h, 26 dezembro Responder

    Boa tarde, ligaram na minha casa e disseram que meu pai tem um sentença precatória pra receber. E pediram pra gente procura um órgão onde ele recebe. Mas aonde vejo isso? Sendo que não tenho número de processo . Nem chave de acesso. Obrigada

    • Breno Rodrigues
      Postado às 15:48h, 27 dezembro Responder

      Olá Ana Paula, tudo bem?

      No geral, não se recebe ligações informando que há precatórios a disposição, ao menos não dos tribunais de justiça. Desta forma, tome cuidado pode ser um golpe.
      Já para fazer a verificação se seu pai tem ou não um precatório, você tem que olhar nos tribunais de justiça com o número de cpf de seu pai. Infelizmente este processo é manual e não há uma lista unificada. Dessa forma você deve acessar os sites dos Tribunais de justiça um por um ou ir pessoalmente neles. Eu recomendaria a procurar o tribunal de justiça do seu estado, o tribunal regional do trabalho de seu estado e o tribunal regional federal que atende seu estado. A não ser que seu pai seja ex-servidor militar, se houver algum precatório ele estará em uma destas opções.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Amanda santos
    Postado às 15:50h, 08 janeiro Responder

    Ola dei entrado no precatorio 22.02.2007 e no dia 16.06.2018 disse que esta aguardando ordem cronológica de pagamento.. Mas de certo n sei o valor a receber conta da data q dei entrada no processo valor inicial foi 20 mil …

    • Breno Rodrigues
      Postado às 09:31h, 10 janeiro Responder

      Olá Amanda, tudo bem?

      Na maioria das vezes o valor pedido não é o valor do precatório. Isso ocorre pois a etapa de cálculos é posterior a do mérito, ou seja, só se verifica o valor após o juiz dar o ganho para o credor. Assim, você deve procurar as planilhas de cálculos do processo para ver com qual valor o devedor concordou ou então consultar no site do tribunal onde a causa foi julgada, já que alguns você consegue visualizar isso.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Ingrid Aparecida
    Postado às 15:49h, 15 janeiro Responder

    Ola boa tarde, tenho um precatório 0423556-41.1999.8.26.0053, ainda do meu pai que já é falecido quem entrou com todos os pedidos foi minha mãe ainda quando eu era pequena. Vejo alguns conhecidos nosso que também tem precatório acha que vale a pena esta vendendo e se recebo daqui a quantos anos.

    desde já obrigada.

    • Breno Rodrigues
      Postado às 16:25h, 15 janeiro Responder

      Olá Ingrid, tudo bem?

      Seu precatório foi expedido em 2006, ou seja, o ano de vencimento dele é 2008. Dessa forma, mantendo-se o ritmo atual de pagamento, você deve receber em 6 anos. Mas este ano de 2018 houve alguns acordos diretos, que podem ter diminuído este prazo. Dá uma lida neste artigo aqui para entender melhor sobre o assunto.

      Com isso em mente, para realizar a venda depende de sua emergência financeira e da disponibilidade para aguentar um prazo desse. Não tem como eu dizer se vale a pena ou não vender porque não sei a situação na qual você se encontra.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Aline
    Postado às 01:35h, 24 janeiro Responder

    Olá. Por favor esse processo 0006713-08.2014.403.6102

    Vê Para mim se está no precatório desse ano…eu preciso do número do precatório

    • Breno Rodrigues
      Postado às 09:19h, 24 janeiro Responder

      Olá Aline, tudo bem?

      Esse número é do processo original. Apenas com ele eu não consigo identificar o número do precatório e saber a data que ele foi expedido para precisar o pagamento. Mas com o CPF da Barbara talvez seja possível fazer esta consulta no site do TRF3. O numero do processo que você me passou não consta precatório nele, provavelmente quando foi feita a execução de sentença foi gerado um novo número.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Silbabi
    Postado às 02:20h, 27 fevereiro Responder

    0006713-08.2014.403.6102 do TRF-3
    ACOMPANHAR PROCESSO. Por favor poderia me ajudar se vou receber esse precatório esse ano..

    • Breno Rodrigues
      Postado às 11:50h, 28 fevereiro Responder

      Olá Babi, tudo bem?

      Pela movimentação do seu processo, não houve expedição de ofício requisitório e o processo já foi efetivamente baixado. Daí uma das coisas aconteceu: ou foi gerado um novo número de processo apenas para a execução de sentença (que é quando emitem o precatorio) e eu não tenho acesso a esse número, ou então você não ganhou a causa contra o INSS.

      Você pode tentar procurar pelo seu precatório através do número do seu CPF neste link aqui.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Sil
    Postado às 10:31h, 15 março Responder

    46595360845. Esse eh o CPF por favor vê p mim .. agradeço

    • Breno Rodrigues
      Postado às 09:23h, 18 março Responder

      Olá Babi, tudo bem?

      Bom, seu processo terminou, você ganhou e não houve execução de sentença porque, por causa do valor, não teve 2ª instância. Assim seu processo está parado desde 2017 e não foi emitido precatório nem RPV, pelo que eu pude olhar. Como não tenho acesso ao processo inteiro, o ideal é procurar seu advogado para verificar o que pode ser feito para pedir o ofício requisitório e você ter seu pagamento.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Edvaldo Alves de Souza Júnior
    Postado às 13:04h, 19 março Responder

    Meu pai funcionário falecido da CEPLAC , ministério da agricultura, tínhamos colocado advogados para receber os precatórios via alvará, mas não sabem como está a situação atual, teria como ajudar

    • Breno Rodrigues
      Postado às 13:50h, 19 março Responder

      Olá Edvaldo, tudo bem?

      O ideal é que você tenha o numero do processo. Por ele dá para identificar o tribunal e poder fazer a consulta para entender a situação. Caso você não tenha, pode tentar pelo nome ou CPF do seu pai no tribunal que a causa tramitou. Agora se não souber qual o tribunal, você teria que olhar individualmente em cada um deles, pois não há um sistema unificado de consulta.

      Espero ter ajudado 😀

  • welington vianna
    Postado às 15:46h, 02 abril Responder

    boa tarde, tenho um precatório para receber do ano de 2016 do TRT RJ, como posso saber o valor do mesmo? já tentei de muitas formas e não consigo consultar. obrigado

    • Breno Rodrigues
      Postado às 18:28h, 03 abril Responder

      Olá Welligton tudo bem?

      O site do TRT1 não é dos mais amigáveis para fazer a consulta. Dessa forma você tem duas opções. Se seu processo for virtual, o ofício requisitório estará anexado e você poderá fazer a consulta. As vezes é preciso uma senha especifica para o aceso que pode ser conseguida no tribunal. Ou então você pode ir pessoalmente a vara para poder olhar o processo.

      Espero ter ajudado 😀

  • Joaquim dorival teixeira ferreira
    Postado às 09:43h, 03 abril Responder

    Bom dia Breno meu nome e joaquim dorival teixeira ferreira ganhei um processo trabalhista do departamento autonomo de agua e esgsto de araraquara(sp) no valor de quase 64.000 trabalhava para uma tercerizada porem a mesma sumiu e o juiz condenou o ente publico a pagar no final do processo esta escrito apos decorrido os prazos expesace o precatorio foi no dia 23 de fevereiro de 2019 gostaria de saber quando vou receber e ce foi ou nao para precatorio obs:ate agora nao tem nenhum numero de precatorio para consultar desde ja obrigado pela atencao!

    • Breno Rodrigues
      Postado às 19:06h, 03 abril Responder

      Joaquim,

      Entre o juiz pedir a expedição e o precatório ser expedido pode demorar um tempo. Enquanto o ofício não for expedido não tem como saber quando será o pagamento. Mas no mínimo seria para 2020, isso se for expedido até o dia 1 de julho. Mas é necessário ver se o DAAE de Araraquara está pagando em dia.

      Espero ter ajudado 😀

  • Ana Luísa
    Postado às 10:49h, 10 abril Responder

    Oi Breno da uma olhada nesse pre
    catório por favor CPF 04800458102
    Rio Verde Goiás

    • Breno Rodrigues
      Postado às 11:36h, 12 abril Responder

      Olá Ana Luíza, tudo bem?

      Preciso saber em qual tribunal a causa foi julgada, se é o TRF1, TJGO ou ainda o TRT18. Além disso apenas com o nome não é possível, preciso também do nome completo do credor.

      Fico no aguardo 🙂

  • MAIRA BERNARDES BORGES
    Postado às 15:40h, 30 abril Responder

    BOA TARDE, TEM UM PRECATORIO A RECEBER, PELAS ATUALIZAÇOES VC CONSEGUE ME DIZER QUANDO POSSO RECEBER E O VALOR?
    CPF: 62457195691

    • Breno Rodrigues
      Postado às 19:41h, 30 abril Responder

      Maíra,

      Dependendo consigo sim. Mas preciso saber em qual tribunal está seu precatório para poder fazer a consulta.

      Fico no aguardo 🙂

  • Daiane
    Postado às 15:14h, 09 maio Responder

    Boa tarde tem como saber o valor do precatório do rs.Na consulta diz aguardando pagamento.

    • Breno Rodrigues
      Postado às 13:34h, 10 maio Responder

      Daiane,

      Você ou seu advogado precisam verificar o processo virtual que originou o precatório. Lá constará o ofício requisitório informando o valor. Caso o processo seja muito antigo, esta informação estará disponível apenas no processo físico, no tribunal.

      Espero ter ajudado 🙂

  • LUIZ CLAUDIO DE AZEREDO VIANNA NETO
    Postado às 17:33h, 21 maio Responder

    Boa tarde meu amigo.
    Nâo estou conseguindo acessar informações de valor, tempo de recebimento além de qualquer outra informação do Precatório do Rio de Janeiro Estadual de número de processo 2009.01475-2
    Pode me ajudar?? Segui os passos do seu blog mas só consegui informações de Status do Processo.

    • Breno Rodrigues
      Postado às 10:51h, 27 maio Responder

      Olá Luiz Cláudio tudo bem?

      Seu precatório consta como suspenso na lista de pagamento. Deve ser por isso que você não encontrou ele na lista. No caso de precatórios suspensos, o ideal é verificar com seu advogado quais podem ser os motivos para entender o quanto isso pode demorar. Como não tenho acesso ao processo na íntegra, não consigo te ajudar muito neste sentido.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Erica Ribeiro de Oliveira
    Postado às 15:36h, 01 junho Responder

    Ganhei a causa na justiça contra o município de contagem mg em 2010 ,até hoje eu não recebi a carta precatória, e já se passaram nove anos e não tenho notícias nenhuma o advogado sumiu, como eu faço para saber ,o processo foi extinto em 2016 acho que é isso, obrigado

    • Breno Rodrigues
      Postado às 19:43h, 04 junho Responder

      Érica,

      Você tem que ter acesso ao processo. Se o advogado sumiu, você pode trocar pro outro advogado se assim desejar. Assim esta nova pessoa conseguirá ver o processo e te ajudar a ver a situação atual.

      Espero ter ajudado 🙂

  • alvonir jose semamn
    Postado às 19:13h, 22 junho Responder

    ola meu nome e alvonir gostaria de saber , eu processei o inss e ganhei a causa fas hums tres meses e ganhei o aposento por elvalides mas ainda nao recebi nem hum valor isto demora muimto

    • Breno Rodrigues
      Postado às 11:17h, 24 junho Responder

      Alvonir,

      Depende da definição do valor que é feita após o processo terminar . A execução de Sentença é o momento que isso acontece. A demora neste caso depende da concordância dos valores a serem pagos.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Moab Alves de vasconcelos
    Postado às 07:28h, 25 junho Responder

    Precátorio1750001
    Bom dia o amigo poderia me dizer quando estaria previsto o pagamento desse precário e quanto seria o valor?
    Muito obrigado

    • Breno Rodrigues
      Postado às 09:45h, 25 junho Responder

      Moab,

      Na verdade o número que você me passou tem um zero a mais. O correto é 175001.

      O pagamento está previsto para até o final de 2020. Quanto ao valor, no TRF5, apenas advogados e pessoas que estão no processo tem direito a ver o valor.

      Espero ter ajudado 🙂

  • marisa de carla da silva faria
    Postado às 21:34h, 26 junho Responder

    o valor do precatorio que aparece na pagina do trf3 ja esta descontado o valor do advogado? como saber isso?

    • Breno Rodrigues
      Postado às 10:57h, 27 junho Responder

      Marisa,

      Depende. Seu advogado tem que ter pedido a separação dos valores. Senão está junto. Para ter certeza tem que verificar no processo originário quantos ofícios requisitórios foram expedidos. Se há mais de um e você é a única autora da ação, é provável que a parte dele já esteja separada.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Vera Lucia Ferragini
    Postado às 12:16h, 28 junho Responder

    Breno, me ajuda. Consultando TJSP, vi que o governo fez depósito do meu precatório em 29/12/2016. No entanto, o mesmo não foi repassado. Você sabe se posso procurar um advogado?. Ou já foi vencido prazo de repasse?
    Obrigada!!!!!

    • Breno Rodrigues
      Postado às 10:42h, 01 julho Responder

      Olá Vera, tudo bem?

      Em São Paulo não há nenhuma lei que faça o valor pago voltar aos cofres públicos. Assim se ele ainda está no banco basta pedir um alvará de levantamento ao tribunal para que possa fazer o saque do valor.

      Espero ter ajudado 🙂

    • Breno Rodrigues
      Postado às 09:48h, 04 julho Responder

      Eva,

      Isto quer dizer que o seu precatório foi incluído na lista de pagamento com vencimento em 2020. Mas na prática tem que saber se há fila de pagamento deste devedor, o que não consta no que você colocou aqui.

      Espero ter ajudado 🙂

  • sonia
    Postado às 00:22h, 03 agosto Responder

    Oi Breno legal que vc responde todo mundo mas me diga o segredo pq eu estou na fika faz 4 anos meu precatorio deveria ter sido pago no orcamento de 2015…tem algo que eu possa fazer? É a prefeitura de Natal. obrigada

    • Breno Rodrigues
      Postado às 23:21h, 04 agosto Responder

      Olá Sonia, tudo bem?

      A prefeitura de Natal está pagando hoje precatórios vencidos em 2012. Assim, você ainda deve demorar mais um bocado para receber, infelizmente.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Wanirly Cirilo da silva
    Postado às 22:10h, 07 agosto Responder

    Olá! Obrigado pelo blog! Muito bom! Meu pai aposentou há um tempo, só que ele não recebeu nenhum atrasado. Tenho quase certeza que o advogado ficou com todo o dinheiro. Vi que no processo originário da cidade de Nova Ponte – MG consta EXPEDIÇÃO DE PRECATÓRIO no 21/05/2012. Já tentei por algumas formas ter acesso a isso, mas nada. Tem alguma forma de ter acesso a esse precatório? Se sim, como? Obrigado

    • Breno Rodrigues
      Postado às 15:58h, 12 agosto Responder

      Wanirly,

      Você pode fazer a consulta pelo nome de seu pai ou pelo devedor. Pelo que entendi é um precatório do município de Ponte Nova. Daí você pode fazer a consulta pelo TJMG ou no caso do processo, pelo PJE.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Gilson Rodrigues Santiago
    Postado às 11:30h, 12 agosto Responder

    Tenho um precatório a receber a causa foi ganha no começo de 2018 quando vo receber

    • Breno Rodrigues
      Postado às 10:40h, 15 agosto Responder

      Gilson,

      Depende do devedor e do tribunal. Você me informando mais dados sobre o processo, como a numeração dele e onde foi julgado consigo te ajudar melhor.

      Fico no aguardo 🙂

  • Antonio
    Postado às 22:05h, 16 agosto Responder

    Boa noite,
    Como posso consultar o valor do meu precatorio TJSP? ele está orcado para 2020
    Obrigado

    • Breno Rodrigues
      Postado às 10:58h, 19 agosto Responder

      Antonio,

      Basta procurar pelo número do processo original, não o do precatório no sistema do TJSP. Lá aparecerá o ofício requisitório, que contem o valor no momento da expedição do precatório.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Janaina
    Postado às 14:51h, 23 agosto Responder

    Boa tarde,

    Como faço para saber o valor de um precatorio devolvido, estou no RS e o processo correu em Brasilia
    TRF1
    Processo: 2007.01.98.064566-4
    Nova Numeração: 0066374-40.2007.4.01.9198
    Grupo: PRECAT – Precatório
    13/11/2017 14:46:51 40920 OFÍCIO INFORMANDO TRANSFERÊNCIA DO(S) VALOR(ES) AO TESOURO NACIONAL – LEI Nº 13.463/2017. PELO BANCO DO BRASIL S/A (115635)
    13/07/2007 18:26:33 40100 PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA ENVIADA AO CJF, NOS TERMOS DA LDO, PARA INCLUSÃO NO ORÇAMENTO GERAL DA UNIÃO DO EXERCÍCIO DE 2008, data 12/07/2007
    Obrigada pela atenção

    • Breno Rodrigues
      Postado às 20:35h, 23 agosto Responder

      Janaina,

      O TRF1 os processos são físicos. Você tem duas opções: Procurar a LOA de 2008 para verificar se consta o valor do seu processo, ou então ir ao tribunal para verificar. Não é possível pela internet. E como o processo está arquivado, você precisará desarquivar para depois fazer a consulta.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Lucineia
    Postado às 18:53h, 23 agosto Responder

    Boa noite, gostaria de tirar uma duvida, meu sogro entrou com um processo contra o inss e ganhou a causa , no papel informa o seguinte , diante da ausência do contador estimou-se o valor da causa em 15,264,00 correspondentes a parcelas ja vencidas acrescidas de 12 parcelas vincendas para fim de fixar a competência.
    Minha dúvida é se é sobre esse valor que é cobrado os horários advocatícios.
    Esse valor é o mesmo que está no site trf4 seria esse o valor final da causa menos e desse valor retiraria os 30%?

    • Breno Rodrigues
      Postado às 14:23h, 26 agosto Responder

      Lucinéia,

      Depende do contrato de honorários. Mas em tese seria sobre o valor total a ser recebido pelo seu sogro.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Aline Soares Gonçalves
    Postado às 15:47h, 26 agosto Responder

    boa tarde como faço para consultar valor de precatório em minas gerais?

    • Breno Rodrigues
      Postado às 08:37h, 28 agosto Responder

      Aline,

      O site do TJMG tem todas as informações sobre valores, datas de cálculo e fila. Basta acessar este link aqui.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Joao Carlos
    Postado às 20:09h, 26 agosto Responder

    por favor você pode ver como ta o precatorio da minha vó? ela tem 81 anos, sera que vai receber esse ano?
    cpf dela é 010826678-89
    o numero DEPRE é 0255545-02.2018.8.26.0500
    outra coisa que queria saber é como vamos saber que o precatorio caiu? o governo vai ligar pra ela?

    • Breno Rodrigues
      Postado às 08:36h, 28 agosto Responder

      João,

      Não fica claro no processo que foi pedido a superprioridade de sua avó, por ter mais de 80 anos ela tem prioridade de pagamento sobre todos. Assim, verifique com o advogado dela sobre isto. Sobre o pagamento, não haverá nenhuma ligação. O governo informa no diário oficial que o pagamento foi feito e o advogado faz o pedido para fazer o saque do valor.

      Espero ter ajudado 🙂

  • João Carlos
    Postado às 21:42h, 26 agosto Responder

    Olá, eu mandei agora a pouco uma pergunta sobre minha vó
    esqueci de falar que o processo esta no TJSP

  • Franccini Boscolo
    Postado às 18:19h, 27 agosto Responder

    Boa noite!!!
    A precatoria q minha filha tinha a receber foi recolhida pela lei 13,463 foi feito o pedido dessa precatoria de volta e o processo foi arquivado em cartório até o pagamento, como consigo acompanhar essa precatoria?
    Processo 0004680-16.2007. 8.26.0541

    • Breno Rodrigues
      Postado às 11:45h, 30 agosto Responder

      Franccini,

      Você deve pedir o desarquivamento do processo e se sua filha já tiver habilitada, apenas a expedição de um novo precatório. O acompanhamento do precatório depende da expedição de um novo ofício e do número gerado, isto não está no processo principal, ainda mais que o precatório está no TRF3.

      Espero ter ajudado 🙂

  • Luiz Henrique
    Postado às 18:19h, 29 agosto Responder

    Breno, boa noite!
    Estou com um RPV referente ao ‘Índice da URV fev1989’. Possui algumas movimentações recentes mas não faço idéia do que se tratam.
    Existe será alguma previsão de pagamento ou ideia de valores?

    Processo: 1999.34.00.027667-4
    Luiz Henrique Chagas Nunes
    Nova Numeração: 0027627-33.1999.4.01.3400

    Parabéns pelo blog e disposição em responder as dúvidas!
    Forte Abraçp

    • Breno Rodrigues
      Postado às 18:12h, 30 agosto Responder

      Olá Luiz, tudo bem?

      Eu não consegui identificar precatórios expedidos na movimentação do processo. Talvez se tiver o seu CPF consigo fazer uma consulta no TRF1 mesmo para ver se efetivamente já tem um precatório. Sem isso não consigo te dar nem ideia de prazo nem de valores.

      Fico no aguardo 🙂

  • Patrícia do Prado
    Postado às 03:49h, 02 setembro Responder

    Bom dia, Breno!!
    A minha tia acaba de completar 78 anos, é ela tem um precatorio que a ordem cronológica é 138/2018.
    No processo consta que no dia 31/01/19 Foi anexado comprovante de depósito….
    Com essas informações da pra saber quando mais ou menos ela irá receber?
    A senha para consul9o processo, consigo apenas no Fórum onde tramita o processo ou o advogado pode disponibilizar?

    Desde já, muito obrigada!!

    • Breno Rodrigues
      Postado às 12:02h, 02 setembro Responder

      Olá Patrícia, tudo bem?

      O comprovante de depósito deve ser referente a prioridade dela. Assim, basta seu advogado requerer o alvará de levantamento para que o saque seja feito. Quanto a senha, o advogado tem a senha própria dele, assim o ideal seria pedir diretamente no tribunal uma senha diferente.

      Espero ter ajudado 🙂

Comentar